domingo, 16 de dezembro de 2012

marieta

não quero mais pensar em som,
não quero mais falar de nada.
do que eu gostaria agora?
dum desses sorrisos que me afaga.

ah, marieta.
de ontem nem existias,
de agora me és a madrugada
e mais metade do meu dia.

nem sei mais que quero
amar tanto o que já foi.
me empreitas nova vida
cantando essa grande sina.

ah, marieta.
se pudesses, por fim, me ver.
se ousasses sentir meus braços.
e deixasses a conversa de lado,
pra poder, por fim, amar.

Um comentário:

Camila Marieta disse...

Isso é pra mim, viu. So pra constar! ;)